top of page
  • Foto do escritorGabriel Resgala Silva

E se eu não me sentir à vontade com o psicólogo?



mulher em terapia

A terapia é um processo que exige comprometimento e confiança entre o paciente e o terapeuta. Quando não há essa conexão ou não há uma relação de confiança estabelecida, o tratamento pode ser prejudicado. É importante que o paciente se sinta à vontade com seu psicoterapeuta, mas e se isso não acontecer? O que fazer?


Em primeiro lugar, é importante lembrar que não se sentir à vontade com um psicoterapeuta não significa que ele ou ela é um mau profissional. Cada pessoa é única e tem necessidades diferentes, e pode ser que a abordagem do terapeuta não seja a mais adequada para você. Nesses casos, é importante avaliar a situação e considerar algumas opções.


  • Fale com o terapeuta

Se você não se sente à vontade com o seu terapeuta, a primeira coisa a fazer é falar com ele ou ela. O terapeuta pode não estar ciente de que você não se sente confortável ou pode não estar ciente do que está acontecendo. É importante ter uma conversa franca sobre seus sentimentos e, juntos, tentar encontrar uma solução.


  • Considere a possibilidade de trocar de terapeuta

Se a conversa com o terapeuta não ajudar ou se você sentir que não há uma maneira de construir uma relação de confiança, considere a possibilidade de mudar de terapeuta. É importante lembrar que a terapia é um processo que exige tempo e esforço, e que pode levar várias sessões para sentir que há uma conexão com o terapeuta. No entanto, se você sentir que a relação não está melhorando ou que não há uma conexão, pode ser hora de procurar outro terapeuta. E não há nada de errado em fazer isso: o seu terapeuta atual, como bom profissional, deve entender a situação.


  • Tente outra abordagem terapêutica

Se você sente que a abordagem do terapeuta atual não está funcionando para você, considere tentar outra abordagem terapêutica. Existem muitas abordagens diferentes, como terapia cognitivo-comportamental, psicanálise, terapia humanista, entre outras. Fale com seu terapeuta atual sobre essa possibilidade ou procure um novo terapeuta com a abordagem que você acha que pode ser mais útil para você.


Conclusão


Não se sentir à vontade com o psicoterapeuta pode ser frustrante e desmotivador, mas não significa o fim do tratamento. É importante avaliar a situação e considerar as opções disponíveis. Falar com o terapeuta, mudar de terapeuta ou tentar outra abordagem terapêutica são opções que podem ajudar a melhorar a relação entre paciente e terapeuta e, assim, o sucesso do tratamento. Lembre-se de que o processo de terapia exige tempo, esforço e comprometimento, mas com a escolha certa de terapeuta, pode ser uma ferramenta valiosa para melhorar sua saúde mental.



Olá! Meu nome é Gabriel Resgala, sou psicólogo e terapeuta cognitivo-comportamental. Se desejar tirar dúvidas ou marcar uma sessão, basta clicar no botão abaixo para falar comigo. Sinta-se à vontade!


Comentários


bottom of page